DROPS CINEMA

O filme El Baile de la Victoria (A Dançarina e o Ladrão) é uma produção espanhola lançada em 2009, dirigida por Fernando Trueba e gravada no Chile. Com Ricardo Darín (Nicolás Vergara Grey), Abel Ayala (Ángel Santiago) e Miranda Bodenhöfer (Victoria Ponce) a obra é uma mescla de ação, drama e romance, com cenas inusitadas e heroicas entrelaçadas a cenas fortes de tristeza, medo e revolta.

Chile, logo após a chegada da democracia. Vergara, um ladrão famoso, e Ángel, ambos presos, são anistiados. Porém, enquanto Vergara quer apenas reencontrar a sua família e abandonar a vida de crimes, Ángel o procura para que ele o ajude em um golpe. Pela cidade, Ángel conhece uma menina doce e inocente, Victoria. Com uma vida difícil e uma história de infância angustiante, ao invés de usar a voz e as palavras, Victoria se expressa através da dança e tem como sonho se tornar uma grande bailarina.

E assim, os personagens vivem os seus destinos. Em um carrinho de comidas de rua, na música do coreto da cidade, em um cavalo de corrida, encontram um pouco daquilo que todos almejam: a felicidade. Todos nós tentamos nos agarrar a seja lá o que for que possa apenas simbolizá-la: memórias, esperança, sonhos aparentemente inalcançáveis ou simplesmente o fato de saber que quem você ama está bem, tomando café da manhã. É nessas sutilezas com a cidade de Santiago – e a imensa Cordilheira dos Andes como pano de fundo – que se pode ver a concretização roteirizada do que a vida representa. O caos do trânsito e da correria da vida urbana cheia de perigos, surpresas e belezas convivendo com a paz das montanhas geladas, em sua infinita sabedoria e tranquilidade, na qual um condor pode trazer tantas respostas.

*
Nêmesis Pareschi (e-mail) é professora de inglês, confeiteira, graduada em Administração Hoteleira pela Universidade Anhembi Morumbi e em Gastronomia pela Universidade Metodista de São Paulo. Ama toda forma de arte, sonha em viajar por aí experimentando todas as comidas possíveis e aprendendo todas as danças que encontrar. Uma eterna aluna do mundo.