TRÊS POEMAS DE ROSANA BANHAROLI

|SENHORAS OBSCENAS
Por Rosana Banharoli 

 

visto
sentimentos
de brechó
caminho
sobre
passados
iluminados
a velas

 

vencida por muitos baralhos&desperdícios
sou guardadora de passados&despedidas
prisioneira de reticências
transito em esperas

 

folhas secas
choram do peito

feito chuvas

no chão
pisoteadas

esfarelam

e pó

recomeçam
antes mesmo
da partida

 

_______________________
Rosana Banharoli
é autora de Espasmos na Rotina – Poesia Patuá, Ventos de Chuva – Poesia Scortecci e 3h30 ou quase isso – Prosa&Verso Amazon. Participa em mais de 50 Antologias com contos e poemas. Tem poemas/letras musicados por Adolar Marin, Edu Guerra, Denise Coelho e Tata Alves. Idealizadora e curadora da Fliparanapiacaba 2014. Trabalha como revisora e parecerista.

imagenm-35